sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Motivação

Gostaria de falar um pouco do que me motiva a escrever neste blog. Antes de tudo, tenho enorme vontade de pôr minhas habilidades em prática, de desenvolvê-las e ampliá-las. Isto tanto o blog quanto o Kung Fu me proporcionam, e ambas as práticas me trazem maior equilíbrio emocional. O blog, contudo, possui um ar diferenciado, pois nele me permito trazer à tona todas as minhas angústias, dúvidas e incertezas, da mesma forma que meus êxtases, convicções e alegrias, compartilhá-las com outras pessoas e discutí-las. Mesmo que poucas pessoas comentem aqui e falem comigo no meu dia-a-dia, é uma experiência animadora.

Vejo o Espadachim Cego como o meu diário de campo: uma ferramenta de pesquisa científica, onde escrevo sobre minhas impressões, tanto do ponto de vista "objetivo" quanto "subjetivo". Escrevo para outras pessoas lerem sobre assuntos que considero relevantes, de uma forma idiossincrática. Considero isto muito positivo e válido, pois me passa a impressão de que estou ajudando a construir algo maior e melhor para a humanidade (perdoem o exagero).

O que não entendo muito bem é por que algumas pessoas criam blogs para ficar falando apenas das festas que foram, do jogo do Grêmio ou das olimpíadas. Em outras palavras, não vejo sentido em criar um blog para fazer dele um flog ruim. Para ser mais exato, consigo imaginar alguns motivos que levam as pessoas a escreverem sobre e para si mesmos apenas, como necessidade de auto-afirmação ou desejo de aparecer, mas nenhum deles é egosintônico para mim, ou o é de forma muito reduzida e superficial. Em mim, é muito mais forte a motivação de dar uma contribuição original e espontânea ao mundo. Talvez mude de idéia futuramente, mas acredito que é isto que faço com o blog.

6 comentários:

marceloduarte disse...

Coincidência, ou por acaso tu leu a página "para quê?" que eu recentemente acrescentei ao meu blog, fazendo uma exploração ética parecida com essa tua?

Andarilho disse...

Faz tempo que eu li o teu "para quê?", e já na época pensei em fazer uma exploração ética como a tua, mas acabei deixando de lado e esquecendo. Dá pra dizer que tu me influenciou de forma inconsciente neste post.

Lady Hell disse...

Eu posso dizer que criei meu blog pra falar do que eu tivesse vontade. Desde o que eu acho de bizarro na internet até mesmo sobre o que eu acabo vivendo aqui na UCS (e por motivação sua que acabei continuando a fazer isso por tanto tempo). Uma vez até tentei fazer ele ser mais comercial, mas acabei vendo que eu estava perdendo o que eu mais estimava, que era a originalidade.

Acho que era isso, =*

marceloduarte disse...

Mas como que faz tempo se eu escrevi isso no domingo?

Andarilho disse...

Tô confundindo com "o quê?" do teu blog. Esse sim eu li faz tempo. Vou ler o "para quê" agora mesmo.

marceloduarte disse...

Então foi só coincidência mesmo. Pois no "para quê?" eu tratei de alguns aspectos bem parecidos com esses do teu post e foi mais ou menos no mesmo período. Que interessante.