quinta-feira, 28 de agosto de 2008

Atenção (Parte 2)

Já falei aqui que fico pasmo com a falta de atenção alheia. O que mais me impressiona é a quantidade de pessoas com conta no Orkut, e quão poucas delas realmente verdadeiramente olham o perfil dos outros. Digo isto por que, até onde eu sei, ninguém descobriu este blog pelo meu perfil, apesar de tê-lo colocado em relativa evidência.

Eu também falo com alguma freqüência aqui dos meus problemas com gurias. Basicamente, já não tenho mais dificuldade com elas, seja na hora da aproximação, seja no "pulo do gato". Para ser sincero, não sou ruim nessa brincadeira (especialmente se me comparar comigo mesmo três ou quatro anos atrás, quando a própria idéia de flertar me assustava). O que realmente me incomoda é quão difícil é encontrar alguém que me acompanhe. Melhor dizendo, é difícil encontrar alguém compatível comigo. Não sei explicar, mas parece que eu ando em uma freqüência diferente do resto do mundo, e é realmente difícil encontrar mais pessoas que estejam na mesma sintonia fina. A atenção é uma das características que marcam esta diferença, pois, até hoje, nenhuma das gurias em que estava interessado foram capazes de encontrar por conta própria este blog. Por que? Não sei. Mas não é por que escondi o link. Se uma amiga minha entrasse no meu Orkut, visse o link, clicasse, lesse e deixasse um comentário "Oi! Esbarrei no teu blog no Orkut!" ela realmente subiria no meu conceito.

10 comentários:

Luiza Vanset disse...

bah nao esbarrei no teu blog no orkut..
maas dpois do atencao parte 1 olhei tuas comunidades!
enfim, acredito q seja falta de atencao, mas tmb falta de tempo.
E as pessoas podem ter descoberto teu blog, mas por preguica, nao estam comentando (teria muito possivel).

=)

Lady Hell disse...

Eu descobri via R&A, acho. Nem lembro mais, mas isso não importa, hueuhehue. O importante é q eu curto retornar aqui sempre que possível.

Beijão pra ti!

Lady Hell disse...

Ah, vou fazer um banner legal pra ti usar como título do blog. Pode ser igual àquele pequenininho que eu fiz, se quiser.

=*

Anônimo disse...

Ilusão a sua... ;)

Andarilho disse...

O-ho! Poderia o anônimo se identificar e falsear minhas hipóteses?

Mas... é Lu, provavelmente tu tens razão. Eu me superestimo e subestimo os outros em muitas coisas. E, realmente, as pessoas podem não estar comentando - mas algum comentário ao vivo teria saído de alguém que lê meus textos :)

Anônimo disse...

Poderia... mas acabaria com toda a graça!

Andarilho disse...

Discordo. Realmente gostaria de saber quem é você para finalmente falsear minha hipótese. Sempre pode ser o anônimo de costume deste blog.

marceloduarte disse...

"Se uma amiga minha entrasse no meu Orkut, visse o link, clicasse, lesse e deixasse um comentário "Oi! Esbarrei no teu blog no Orkut!" ela realmente subiria no meu conceito. "
haha
Engraçado dizeres isso. Eu fiz isso uma vez, mas não adiantou lá muita coisa.
Quanto às pessoas não verem o teu blog pelo orkut, a minha experiência diz que isso não é tão verdadeiro. O Wordpress tem um recurso que te permite visualizar por onde que as pessoas encontram o teu blog. E o meu blog não está mais destacado que o teu no orkut, entretanto volta e meia eu vejo que alguém entrou por ali. Apenas não deixaram comentários.
É bem verdade que a pessoa que entrou por ali pode ter sido algum leitor já habitual do blog, como tu mesmo. Mas não necessariamente. Acredito que tem alguma visibilidade.

Andarilho disse...

Interessante teu comentário, Marcelo. Mas eu tenho motivos a mais para desconfiar que o anônimo seja alguém que já lê este blog há tempos, pois a pessoa em questão tem o hábito de em tempos em tempos estourar umas polêmicas nos blogs que escrevo.

Bruno Graebin de Farias disse...

Minha namorada descobriu meu blog no começo desse mês. =D
A minha hipótese é que as nossas garotas simplesmente nos acham bonitos, mas não gostam de saber o que a gente pensa.
Ou pode ser que nós somos tãoa traentes que só olhem nossas fotos no orkut, e nem notem que tem um link para um blog.